Fevereiro 07, 2014 / maquiagem

Preparação de pele


Hello vaidosas!! Esse é o primeiro post do Manual de Maquiadora e estou realmente muito animada para iniciar essa série de cursos sobre makes. Hoje falaremos sobre a preparação de pele, que é super simples de fazer, porém algumas meninas ainda têm dúvidas.

Após lavar e hidratar seu rosto, o primeiro passo é aplicar a base.

A base seve para uniformizar o tom da sua pele, elas estão presentes no mercado em diferentes tipos e texturas, a mais comum é a base líquida, que tem um efeito mais leve e é fácil de aplicar. Por proporcionar um acabamento mais natural,  ela é ideal para o dia a dia e para os dias mais quentes.

 Base em bastão: Ideal para quem possui pele mista, ou seja, seca e oleosa ao mesmo tempo, com capacidade de cobrir manchas e marcas de expressão.

Base em pó: É a melhor opção para quem tem pele oleosa, pois o pó ajuda na absorção da oleosidade. Na hora de escolher, prefira as minerais, pois elas têm ingredientes naturais e não têm óleo.

Base mouse: Matifica e suavisa a pele deixando um efeito bem natural. Como a maioria das fórmulas são sem óleo, vale a pena investir nela se você tiver pele oleosa.

Base cremosa: É o tipo de base com a melhor cobertura, ideal para disfarçar manchinhas, cicatrizes e espinhas. Por ser mais oleosa, o ideal é que se use em dias mais frios e durante a noite.

Não vou falar sobre a base air brush pois ela é utilizada somente por maquiadores e não são tão fáceis de encontrar!
Após a aplicação da base, utilizamos o corretivo!

 

Os corretivos da cor da pele, tem a função de disfarçar ou clarear principalmente olheiras e imperfeições da pele, como: manchas, sardas (pra quem não gosta), sinais, cicatrizes. Enfim, para camuflar o que você não quer mostrar.

Líquido:Por ser mais fluido, é o mais indicado para a região dos olhos. Seu efeito é mais sutil e, por isso, cobre naturalmente olheiras suaves e cravos.
Indicado para: todos os tipos de pele.

Cremoso:É o mais comum. Geralmente na forma de bastão, tem textura espessa, o que o torna perfeito para esconder olheiras mais escuras e manchas.
Indicado para:peles seca e mista.

Lápis ou caneta:É o melhor para esconder espinhas. Mas não exagere: como a textura é mais seca e firme, passar muito só vai chamar ainda mais atenção para o problema. Use somente nos pontos com espinhas ou manchas pequenas. Os com ácido salicílico na forma ainda funcionam como secativos para acne. Evite espalhar em grandes áreas do rosto para o efeito não ficar artificial.
Indicado para:todos os tipos de pele, já que o uso é pontual.

 

Mineral:Ele leva esse nome porque é feito com minerais extraídos da natureza. A textura é muito leve e o resultado é bem natural, sem acumular nos vincos da pele. Como é um pó solto, deve ser aplicado com o dedo ou com um pincel para sombra.
Indicado para:peles mista, oleosa e sensíveis, já que os makes minerais são livres de substâncias que provocam alergias.

Por fim, aplicamos o pó compacto ou o blush. Eu particularmente prefiro passar o pó antes do blush. O  serve para dar acabamento a sua maquiagem (aplicar após a base), para mantê-la durante mais tempo e eliminar o brilho excessivo. Pode (e deve ser utilizado) em todos os tipos de pele.

 

1- Solto:os grãos soltos retiram o brilho excessivo da pele e prolongam o efeito da base e do corretivo. Aplique com um pincel grande. Se você quiser apenas retirar o brilho, passe o produto com leves batidinhas na zona T (testa, nariz, queixo) e na região abaixo dos olhos. Para se livrar dos excessos na aplicação, passe um pincel limpo ou um algodão seco por todo o rosto depois do pó.
2- Compacto:a textura é mais pesada que a do pó solto e, por isso, deve ser usado com cuidado. Se sua pele é oleosa, prefira as formulações oil-free, que não obstruem os poros e evitam novos cravos e espinhas.
3- Translúcido: bem suave e quase sem cor, esse tipo fixa bem base e corretivo, sem alterar o tom dos produtos na pele. Pode ser solto ou compacto, e dá acabamento aveludado para a pele.
4- Mineral:é levíssimo e de acabamento aveludado, podendo ser compacto ou solto. A diferença mesmo está na composição do produto: ele tem minerais naturais e nenhum conservante. Por isso, é bom para todas as peles e tem boa fixação. Siga as indicações para aplicar de acordo com a textura, compacta ou solta. Você também pode passar uma camada fina dele por cima da maquiagem já feita, para segurar a make por mais tempo.
Já para o blush, separei uma edição inteirinha do Manual de Maquiadora porque se não esse post ficaria gigantesco e super cansativo. Espero que tenham gostado!

Um BIG beijo de gloss!! 😉

Crédito da última montagem de fotos: Ana Carolina Almeida



Deixe o seu comentário

Um Beijo de Gloss • todos os direitos reservados © 2019 • powered by WordPress Desenvolvido por